14 de junho de 2015

Correio de voz de Magnus


O correio de voz de Magnus Bane, Alto Feiticeiro do Brooklyn, nos dias que seguiram certo incidente em Cidade das Almas Perdidas.


Hoje, 2h
“Oi Magnus, é Alec. Alexander. Ora, você sabe disso, só estou ligando porque acho que precisamos conversar. Acho que você está ocupado. Me liga, tá bom?”
Bipe.

Hoje, 2h10
“Oi, Magnus. Aqui é Isabelle Lightwood. Parece que ocorreu um pequeno mal-entendido. Meu irmão voltou para casa com uma impressão de que, tenho certeza, é equivocada. Me liga ou vai ver só, e vamos esclarecer isso! Não sei por que eu disse 'ou vai ver só'. Somos todos amigos aqui.”
Bipe.

Hoje, 2h35
“Isabelle falando. Talvez não tenha ocorrido um mal-entendido. Talvez você só tenha cometido um erro terrível. Tudo bem! As pessoas erram. Tudo que tem que fazer é rastejar e implorar por perdão, e fica tudo bem. É assim que pode ser. Estou preparada para esquecer, desta vez, Magnus.”
Bipe.

Hoje, 3h
“Isabelle. Só me deixe completar, explicando que erro enorme que você terá cometido se tiver terminado com Alec. Os Lightwood são pessoas muito gostosas. Você não vai conhecer nenhum Caçador de Sombras mais sexy, e isso significa muito, porque você sabe o que dizem sobre os Caçadores de Sombras: nosso negócio é conhecer demônios e ser bonito, e os negócios vão bem! Algumas pessoas dizem que os Herondale eram gatos, mas veja bem, não apenas somos mais numerosos do que eles como pegamos o último gostosão deles e o tornamos nosso. Obviamente ganhamos.
Já vi fotos de nossos ancestrais, Gabriel Lightwood era notarialmente lindo. Dizem que um Cônsul concordava com tudo com tudo o que minha tia-bisavó Felicia Lightwood dizia, porque quando ela falava tudo o que ele escutava era “bela, bela, bela”. Se você terminar com Alec, não só vai perder um gato, mas uma família de gatos. Vou contar para os filhos dos meus filhos. Nenhum Lightwood nunca mais vai sequer piscar para você em um bar. Pense nisso. Pense em ficar sem os Lightwood e sozinho daqui a quinhentos anos, em uma boate triste e fria na lua.”
Bipe

Hoje, 11h
“Oi, é Alec. Acho que ainda está ocupado. Tudo bem. Sei que você tem muitas coisas para fazer. Só... Me diga quando estiver livre? A hora que for, não importa. Estarei acordado. Quero muito falar com você.”
Bipe

Hoje, 14h30
“Oi, sr. Bane, aqui é das indústrias Hadrian. Estamos ligando a fim de solicitar seus serviços para um simples ritual, na mesma linha do que executou para nós no último mês de fevereiro. Gostaríamos que trouxesse um cesto com sapos de chifres. Por certo nós o compensaremos amplamente pelos sapos.”
Bipe

Hoje, 18h
“Mmmmiau. Mmmmiau.”
“Ai! Ah, gato burro. Aham. Você me disse ‘pare de ligar, Isabelle’, mas não sou eu. É o Church. A única coisa minha aqui são os dedos teclando no telefone.
Viu, eis algo que talvez não soubesse quando cometeu seus recentes atos precipitados. Nosso gato, Church, e o seu gato, o Presidente Miau? Estão apaixonados. Nunca vi tanto amor antes. Eu nem sabia que um amor desses podia existir no coração de um... gato. Algumas pessoas dizem que o amor entre dois gatos machos é errado, mas eu acho lindo. O amor faz Church mais feliz do que jamais vi. Nada o deixa mais feliz do que o Presidente Miau. Nem atum. Nem arranhar tapeçarias com séculos de existência. Nada. Por favor, não deixe esses gatos separados. Por favor, não tire a alegria do amor do Church.
Veja, este é só um aviso para o seu próprio bem. Se mantiver o Church e o Presidente Miau separados, Church vai começar a se irritar.
Você não gostaria de ver o Church irritado.”
Bipe

Hoje, 17h14
“Oi, Magnus. Aqui é Clary. Ninguém me mandou telefonar.
Isabelle me pediu que ligasse, mas eu disse não, e ela não sabe que estou ligando agora.
Sinceramente, quando conheci Alec, o achei péssimo. Reconheço que eu não estava muito bem, com toda aquela história de descobrir sobre mundos mágicos e o sequestro da minha mãe. Foi uma época horrorosa, mas mesmo assim Alec não era o meu preferido.
Ele era um babaca, mas não por ser má pessoa. Era um babaca porque era infeliz e achava que tinha que fingir que não era. Acho que ele aprendeu que precisava esconder as coisas o tempo todo quando garoto, que, se não guardasse os segredos, perderia as pessoas. Ele ficou muito melhor depois de você. Ficou melhor porque estava feliz.
Não sei bem como funcionam os relacionamentos. Jace é o único namorado que tive, e já me disseram que a nossa relação não seguiu o curso tradicional. Mas acho que uma relação é assim: não importa o que esteja acontecendo, as pessoas ficam mais felizes quando estão juntas.
Não estou telefonando só porque estou preocupada com Alec. Você também parecia muito feliz com ele.
Só queria saber como você está. Espero que esteja bem.”
Bipe

Hoje, 20h26
“Oi, Magnus. É Alec. Alexander. Acho que você não quer falar comigo. Dá pra entender. Mas realmente acho que se estivéssemos juntos... se eu pudesse explicar...
Sou péssimo com as palavras. Desculpe. Mas você sempre pareceu entender o que eu queria dizer. Não quero perder isso. Não quero perder você. Quero tanto falar com você, mas se não posso, acho que estou ligando para dizer...
Sinto muito. Só liguei para dizer isso.”
Bipe.

Hoje, 21h39
“Oi, Magnus. Aqui é Simon. Você me conhece. Bem, me chamou de Soames na última vez em que nos falamos, mas já saímos juntos.
Estou ligando para... Hum... Para... Desculpe se não tenho nada com isso... Para sugerir que talvez você aceite Alec de volta.
Acho que seria bom. Honestamente, Alec foi péssimo com Clary quando eles se conheceram, e se ele ficar um saco outra vez, não sei o que Clary vai fazer. Naquela época ela tinha bem menos armas, e bem menos irmãos.
Desta vez é diferente. O namorado dela está pegando fogo. Ela já tem problemas suficientes. Acho que o que estou dizendo é que nós ficaríamos muito gratos se você jogasse para o time agora.
Não que seja parte do time dos Caçadores de Sombras.
Caçadores de Sombras não aceitam vampiros no time.
Este recado talvez pareça egoísta e doido. Estou sentindo pelo Alec, de verdade. Ele é um bom sujeito. Bem menos irritante do que Jace. Sempre achei que, se houvesse oportunidade, poderíamos ser amigos. Talvez parceiros. Parceiros que atiram flechas juntos.
Pode parecer óbvio, a essa altura, que Isabelle me obrigou a ligar. Não sei bem o que devo dizer.
O negócio é o seguinte: Alec está mal.
Ai, Isabelle! Digo, ele está com uma boa aparência, é um cara bem bonito. Muito mais bonito que Jace, se quer minha opinião. Mas ele certamente está muito para baixo. Qualquer um pode ver.
Eu não olho para os caras na maior parte do tempo, mas até eu estou vendo. Está com olheiras, e os casacos dele parecem estar se desfazendo de tristeza. A mãe dele está preocupada porque ele não está se alimentando, e ouvi Jace falando sobre escovas de cabelo ontem. Claro, para um guerreiro valentão, Jace é vaidoso demais.
Não sei o que aconteceu entre vocês, mas sei quando uma pessoa está arrependida. Posso afirmar que, não importa o que ele tenha feito, está arrependido.
Se você der uma chance a ele, vai ser ótimo. Muito bem. Acho que é isso.
Por favor, nunca diga a Jace que eu falei que ele é valentão.”
Bipe

Hoje, 23h48
“Não, ouça você, com essa coisa de não retornar ligação! Está errando feio! Eu fui a melhor coisa que já aconteceu em sua vida!
Hum. Tudo bem, estatisticamente isso é muito improvável.
Muitas coisas aconteceram com você. Muitas aconteceram em sua vida.
Acho que foi isso que me levou a fazer o que eu fiz. Eu só queria saber que eu não era, você sabe, um nome em uma lista longa. Não queria ser uma nota de pé de página medíocre na história de sua vida.
Ai, meu Deus.
Jace. Jace, acorda. Jace, como se faz para apagar um recado no telefone dos outros?”
Bipe

Hoje, 8h11
“Sr. Bane, fui autorizado a entrar em contato com o senhor em nome do meu cliente. É minha opinião, e acho que será a do juiz, que sua atitude em relação a terminar seu relacionamento com o Sr. Alexander Gideon Lightwood, escudeiro, transgrediu a lei. Tenho em meu escritório testemunhas e documentos que provam que vocês dois eram casados, e o Sr. Lightwood pode exigir metade da sua propriedade no Brooklyn.
Tudo bem, é Isabelle de novo.
Tudo bem, meu advogado é Church. Mas realmente acredito que temos um bom caso. E Church nunca perdeu um processo.
Atenda o telefone, Magnus!”
Bipe.

Hoje, 10h31
“Sr. Bane, estou ligando para deixar um recado sobre um assunto urgente. Um de nossos representantes ligou para falar sobre a questão dos sapos com chifres. Ele descreveu sua resposta por telefone como ‘curta’ e ‘extremamente curta’, e seu tom como ‘desgovernado, para não dizer louco’. Algum problema com os sapos? Estamos muito preocupados.”
Bipe

Hoje, 19h52
“Preste atenção, cara, ninguém termina com um Lightwood. Ninguém! Meliorn achou que pudesse falar para os amiguinhos fada que terminou comigo, e tudo que estou dizendo é que ele não vê o cavalo fada dele há um bom tempo.
Uma vez um cara visitou o Instituto e achou que pudesse me deixar uma carta genérica enquanto saía pela porta. Dez minutos depois o cara estava com o pulso quebrado e uma concussão. E depois eu deixei Jace cuidar dele.
Aqui é Isabelle, aliás.”
Bipe

Hoje,20h01
“Oi, Bane. Digo, hum, Magnus. Saudações, Magnus Bane, Alto Feiticeiro do Brooklyn, em nome de Maryse Lightwood do Instituto de Nova York. Hum... diretora do Instituto de Nova York. Sou absolutamente a diretora, e estou ligando para tratar de um assunto Nephilim. Porque sou encarregada de todos os assuntos Nephilim. A questão que me levou a telefonar é muito complexa. Complexa demais para ser discutida por telefone. Acho que, pensando bem, seria melhor se você viesse ao Instituto para discutir pessoalmente.
Por favor, não me entenda mal. Esta é uma ligação profissional, sobre um assunto de caráter profissional. Simplesmente pretendo tratar de um assunto importante.
É claro que você pode ficar para tomar um chá e socializar com qualquer membro do Instituto que estiver presente durante a visita. Depois de nossa conversa, é claro.”
Bipe

Hoje, 22h29
“Saudações ao Alto Feiticeiro Magnus Bane, do clã dos lobisomens de Nova York. Aqui é Maia Roberts. Hum. Luke está ligando, mas ele está, hum, no banheiro.
O quê? Cala a boca! Ele está no banheiro a um bom tempo, tudo bem? Achamos que pode ser intoxicação alimentar. Está no banheiro há tanto tempo que parece que ele deixou de ser nosso líder.
Enfim, os licantropes gostariam de marcar uma visita a você. Você sabe, só uma daquelas visitas amigáveis que licantropes fazem a feiticeiros.
Só quero deixar claro que isso é uma idiotice, e ele nunca vai acreditar!”
Bipe

Hoje, 1h06
“Estou na entrada de sua casa, Magnus. Vou arrombar!”
(pausa)
“Eu já teria arrombado se você não tivesse colocado feitiços como um feiticeiro trapaceiro! Atenda à porta agora mesmo, ou vou matar você! Sei que está ai. Sei que partiu o coração do meu irmão. Não vou aturar isso.
Abra a porta agora para eu poder matar você.”
Bipe

Hoje, 2h33
“Saudações, Magnus Bane, Alto Feiticeiro do Brooklyn, de Raphael Santiago, do clã de vampiros de Nova York, fiel servidor de nossa gloriosa rainha Maureen, que para sempre governe em glória negra, e do futuro Príncipe Consorte Simon, astro do rock gostosão.
Temos que iniciar nossas ligações agora. Inclusive nossas ligações noturnas para um lugar chamado Hot Topic.
Após esta introdução seria desnecessário declarar que me considero uma alma condenada.
Estou entrando em contato com você porque nossa rainha gostaria de enviar uma invocação ao ‘homem purpurinado, que é amigo do Simon’. Foram as exatas palavras dela. Ela acrescentou que o apoia e é fã de muito ‘mangá yaoi’. Não faço ideia do que isso signifique, e nunca vou querer saber.
Aproveitando a ligação, Lily ouviu uma conversa não muito interessante no Taki’s entre diversos adolescentes melodramáticos que você conhece. Imagine minha reação quando descobri que sua relação não muito inteligente com um Caçador de Sombras excessivamente jovem foi concluída de forma abrupta e desagradável.
Gostaria de lhe informar que seu estimado colega Ragnor Fell agora me deve dez dólares por uma pequena aposta que fizemos sobre como esta ligação absurda terminaria.
Claro, Ragnor nunca vai pagar meus dez dólares porque foi assassinado pelos Nephilim em consequência de um conflito entre os Nephilim e os membros do Submundo por um motivo qualquer. Exatamente como o conflito em que agora estamos, então suponho que se possa dizer que Ragnor morreu por nada.
Caçadores de Sombras. Será que o novo lema deles poderia ser algo do tipo ‘Não valem a fadiga’?”
Bipe

Hoje, 11h23
“Oi, Magnus. Aqui é Isabelle. Estou ligando para pedir desculpas por tentar arrombar a sua porta, pelas ligações e pelas visitas que me disseram que poderiam ser consideradas assédio, e por descrevê-lo para todos os meus vizinhos como um amante babaca e sujo do Submundo. Apesar de reconhecer que algumas coisas que eu disse podem ter soado como ameaças, é claro que, como Caçadora de Sombras, eu jamais faria mal a ninguém que não estivesse envolvido em coisas más, ou, no mínimo, sendo totalmente irritante.
Acho que fui bem razoável o tempo todo e fiquei calma, mas um ponto de vista de fora me disse que talvez eu tenha perdido a cabeça.
Admito que sou um pouco protetora em relação ao meu irmão mais velho. Ele sempre me protege.
A verdade é que não posso ameaçar com nada pior do quê o que você já fez com você mesmo.
Alec é corajoso, é bom, é leal e, como todo bom Lightwood, tem maçãs no rosto que podem cortar salame. Você nunca vai achar alguém tão bom quanto o meu irmão, nem alguém que o ame tanto quanto ele.
Ele é uma das melhores coisas na minha vida e aposto que é uma das melhores coisas da sua também. Você vai se arrepender muito quando acordar e se der conta do que jogou fora.
Em troca da minha promessa de ficar quieta no futuro, ficaria grata se você apagasse essa mensagem sentimental. Tenho uma reputação a manter.”
Bipe.

Hoje, 16h02
“Oi, Magnus. Aqui é Alec. Só estou ligando para dizer que talvez eu tenha pedido a algumas pessoas com as quais você ainda tem contato para falarem de mim para você. E, hum, acabei de saber que algumas pessoas talvez tenham ido longe demais com isso.
Então, acho que estou ligando ara dizer que sinto muito. De novo.
Não vou ligar outra vez. Não vou mandar mensagem. Sinto muito por todas as mensagens. Principalmente a que mandei às 3h15 da manhã na quarta. Você sabe qual. Sinto muito por aquilo.
Mas você pode me ligar ou me mandar mensagem, se quiser.
Não imagino que queira. Mas espero que sim. Não vou desistir de ter esperança.”
Bipe.

Hoje, 17h06
“Sr. Bane, aqui é das Indústrias Hadrian a fim de informar que você está extremamente atrasado com o compromisso que marcamos. Estamos esperando há mais de uma hora. Não ha sinal de você. Não há sinal dos sapos. Queremos...”
(mensagem cortada)

Estas gravações foram obtidas, com alguma dificuldade, de um celular que parecia quebrado e queimado com intenso fogo mágico.

12 comentários:

  1. Kkkkkkkkkk oum magnus você não respondeu nada kkkkkk
    Ainda procurando a ligação de 3:15 kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. caraca, depois de todas essas mensagens eu perdoava!!kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Rindo demais aqui, meu Deus! Adoro os casais gays da série, eles são realmente muito fofos!

    ResponderExcluir
  4. Eu não sei se as lágrimas escorrendo no meu olho e de tanto rir ou de lembrar-me de quando o Magnus terminou com o Alec.
    Bateu uma bad aqui!😢

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tu sabe se eles voltam a ficar juntos né? Alguém poderia me dizer por favor!!!! Tô numa bad horrivel!!

      Excluir
    2. Li os 3 primeiros livros. E comprei o 4 mas ainda não comecei.

      Excluir
  5. Eles terminaram? Por que? Eles voltam? Pelo amor do Senhor! É meu casal preferido.

    ResponderExcluir
  6. Devoradora de livros7 de outubro de 2017 18:11

    Estas gravações foram obtidas, com alguma dificuldade, de um celular que parecia quebrado e queimado com intenso fogo mágico.
    kkkkkkkkkkkkk, queria fazer isso com o meu quando tem mensagem

    ResponderExcluir

• Não dê SPOILER!
• Para comentar sem conta, escolha a opção Nome/URL. Escreva seu nome/apelido e deixe URL em branco

Boa leitura :)